Coluna do Frank | Presentes cinematográficos

Nesse fim de ano os cinemas sempre costumam trazer produtos deliciosos para animar as ceias de Natal dos cinéfilos.

, por Francisco Carbone

Coluna do Frank | Presentes cinematográficos

Nesse fim de ano os cinemas sempre costumam trazer produtos deliciosos para animar as ceias de Natal dos cinéfilos.

, por Francisco Carbone

Olá pessoal!

Nesse fim de ano os cinemas sempre costumam trazer produtos deliciosos para animar as ceias de Natal dos cinéfilos. Esse ano particularmente temos opções para agradar a cada um dos gostos, pra quem gosta de festivais europeus, pra quem gosta de astros e estrelas, pra quem quer histórias pop e pra quem quer esperanças do Oscar. Sabemos que muitos não tem ligação forte com as festas de fim de ano, e apenas quererão aproveitar os feriados. Pois se preparem todos os fãs da sétima arte porque os quatro lançamentos dessa semana merecem comemoração extra.

Antes de falarmos de todos os lançamentos e assistirmos aos seus respectivos trailers, vamos assistir a #ColunaDoFrank no nosso canal no YouTube! Eu e Thiago Arzakom apresentamos uma coluna muito legal! Play aqui embaixo.

 

O principal lançamento é sem dúvida ‘O Rei do Show‘, adaptação cinematográfica do sucesso dos palcos também estrelado por Hugh Jackman. Na telona, ele vive P. T. Barnum, um homem disposto a dar a sua família uma vida digna graças a seu talento como vendedor de sonhos. Barnum tem um projeto de criar um show de variedades, misto de circo com apresentações de curiosidades humanas como a Mulher Barbada e o Homem Cão. Essa é uma história real de um homem que criou o conceito de “maior espetáculo da Terra”, dando um lugar de destaque a sua família em meio a sociedade esnobe dos anos 30. Transformado em musical, o diretor especialista no seriado ‘Glee’ Michael Gracey estreia nos cinemas numa produção emocionante e contagiante, com uma trilha sonora perfeita. Além de Jackman, o elenco afiado inclui Zac Efron, Michelle Williams, Rebecca Ferguson e a estrela teen Zendaya. Todos cantam e dançam numa história que mostra o poder da aceitação das diferenças, e altas chances nas categorias técnicas do Oscar.

Outro filme que deve ser muito procurado essa semana será ‘Suburbicon‘. Dirigido por George Clooney e estrelado por Matt Damon e Julianne Moore, o filme é uma típica comédia policial sangrenta inspirada nos longas dos irmãos Coens, e com roteiro dos próprios. O filme trata a história de uma família dos anos 50 ameaçada por uma dupla de escroques agiotas que ameaçam o pai. Aos poucos vamos descobrindo podres que envolvem todos os integrantes do clã, observados pelo pequeno integrante Nicky, que vai acompanhar o banho de sangue no qual irão se meter seus pais e tios. O filme é absurdo e uma típica comédia dos irmãos Coen, com uma pitada do que Clooney aprendeu de tanto trabalhar com os mesmos. Indicado ao Leão de Ouro no último Festival de Veneza, o filme é uma produção classe A que deve agradar a quem quer se divertir com um clima de mistério no ar.

Vindo direto do Festival de Cannes de onde saiu com o prêmio Camera D’Or (para a melhor estreia), a estreante Leonor Serraille dirige ‘Jovem Mulher‘, um estudo de personagem dos mais fascinantes da temporada. Paula é a personagem título, instável, apaixonada, carente e a beira de um ataque de nervos a cada cena, que não consegue se conformar com sua realidade, que de fato é a pior possível. Abandonada na rua por um ex, vamos vendo que Paula construiu uma história de erros por onde passou, que só lhe rende portas batidas na cara e a pura solidão. Vivida com brilhantismo por Laetitia Dosch, o filme é um exemplar nada positivo da vida de uma jovem na sociedade atual, exposta aos males emocionais modernos. Graças ao talento de criadora e atriz, o filme é uma aula de sensibilidade e talento, uma espécie de ode a grandes realizadores dos anos 70. Não percam essa bela história de redescoberta do amor… próprio.

Pra fechar a semana natalina, finalmente recebemos o vencedor do Urso de Ouro em Berlim, ‘Corpo e Alma‘. O filme de Ildiko Enyedi estreia muito atrasado mas em excelente hora, pois acaba de ser selecionado como um dos nove finalistas de filme estrangeiro, com boas chances de ser indicado. A trama do filme é bizarra e ao mesmo tempo encantadora: trabalhando juntos num matadouro de gado, um veterano chefe de equipe e uma jovem contratada recentemente começam a se encontrar sem querer. Sim, sem querer. E mais: eles se encontram em sonhos apenas. E MAIS!: nos sonhos, eles são alces. Sim, alces apaixonados um pelo outro. Assim que descobrem essa ligação, esse inusitado casal vai ter que se desdobrar para descobrir como lidar com essa situação mais que esquisita. Uma das mais diferentes histórias de amor a chegar nas telas de todo o mundo no cinema recente, o filme transformou sua diretora húngara veterana numa estrela do dia pra noite e no centro dos holofotes mundiais, que deve aparecer ainda nessa temporada concorrendo a alguns prêmios mais, e merecidamente ainda que pela sua total originalidade.

Na semana que vem, o ano se encerra e acompanhamos a última semana e os últimos lançamentos da temporada 2017.

Até lá!