Leitores Em Série | As Melhores Aberturas de Séries

Só existe uma chance de causar uma boa impressão.

, por Laura Vidaurreta

Leitores Em Série | As Melhores Aberturas de Séries

Só existe uma chance de causar uma boa impressão.

, por Laura Vidaurreta

A nova novela das sete da Rede Globo, Deus Salve O Rei, tem chamado muita atenção do público, não apenas por sua trama claramente baseada em Game Of Thrones, mas por seus cenários, figurinos e, especialmente, por sua abertura. A canção “Scarborough Fair“, que já foi interpretada pela dupla Simon & Garfunkel, ganhou uma nova versão na voz da cantora norueguesa Aurora, especialmente para a novela. Confira abaixo a abertura.

O sucesso da abertura da nova novela só ressalta o quão importante é uma boa sequencia de créditos, afinal é a chance que a série tem de causar uma boa impressão no seu público. Algumas séries têm aberturas tão boas que acabam virando referência e ficam marcadas na memória dos seriadores por muito tempo.

Talvez o maior exemplo disso seja a abertura de Os Simpsons. A animação da Fox tem a abertura mais icônica de todos os tempos, com Bart escrevendo algum recado novo no quadro negro a cada episódio, homenagens à outras séries, como Game of Thrones, participações especiais, como Walter White e Pinkman, de Breaking Bad, e diferentes couch gags, a maneira como a família se reúne na frente da televisão.

Outra abertura que também ficou marcada na vida dos fãs de séries é a de Friends. Não que a sitcom mais famosa, e talvez mais importante de todos os tempos, tenha uma sequencia inicial de créditos assim, tão espetacular, mas são bastam os primeiros acordes de “I’ll Be There For You“, da banda americana The Rembrandts, começar a tocar, que você sabe que é hora de Friends. E eu duvido que alguém consiga ficar sem bater palmas durante a abertura.

Vamos conhecer algumas das melhores sequencias de abertura das séries que tanto amamos!

 

Fringe

A fenomenal ficção científica criada por JJ Abrams, que mostra os casos extraordinários que a Divisão Fringe, do FBI, precisa lidar é um show de roteiro e efeitos visuais, que começam desde a abertura. Com uma melodia instrumental cativante e uma sequencia de imagens e termos científicos, a abertura de Fringe ainda contava com algumas mensagens subliminares, que prendiam ainda mais a atenção do público. E ao longo de suas cinco temporadas a série variou sua abertura sete vezes, sendo a retrô, do décimo sexto episódio da segunda temporada, a mais impactante, pois trazia vários elementos da década de 80.

 

Dexter

Dexter pode ter deixado muitos fãs decepcionados com seu final, mas se tem algo que perpetua a alta qualidade da série, é sua abertura, que em 2007 chegou a ganhar um prêmio Emmy por sua sequencia inicial. Em uma série que conta o cotidiano de um serial killer que mata outros bandidos, nada mais junto de que tudo que se relacione a sua rotina se remeta à violência, como um ritual de higiene matinal e o simples preparar de um café da manhã. Sem dúvida alguma todos os prêmios que Dexter recebeu, ao longo de suas oito temporadas, foram muito bem merecidos.

 

American Horror Story

O desafio de manter uma antologia de terror ao longo de várias temporadas vai muito mais além do que variar de tema, roteiro e elenco, também é preciso apresentar a nova trama de uma maneira diferente, mas que não perca a marca registrada da série. E é isso que Ryan Murphy tem feito por sete anos em American Horror Story. Com temas que passam de casas mal assombradas, por circo de horrores, até cultos fanáticos, AHS tem mantido sempre o tom sombrio e assustador em suas aberturas. Impossível escolher a mais apavorante.

 

The Walking Dead

Grande parte do público concorda que The Walking Dead se perdeu há algumas temporadas, mas sua abertura não sofre do mesmo mal. Por mais que você esteja com raiva dos acontecimentos atuais, é só começar a tocar aquela musica tensa, que você se rende a “só mais um episódio”. Mas não é só a música que é cativante, a edição de imagem da abertura é fenomenal e vem mostrando, temporada por temporada, não só a evolução do mundo pós-apocalíptico, como a evolução, ou queda, dos personagens. A cada ano os cenários vão se desgastando mais, assim como o espírito dos sobreviventes, e isso é muito bem exposto na sequencia inicial dos episódios.

 

Game Of Thrones

Impossível falar sobre as melhores aberturas de série, sem falar de Game Of Thrones. Há quem diga que existem dois tipos de pessoas no mundo, as que passam e as que assistem a sequencia inicial de GoT. Mas por mais que a ansiedade pelo episódio seja imensa, é quase um sacrilégio pular a abertura, até porque é durante esse minuto inicial que ficamos sabendo quais cidades e núcleos aparecerão no episódio. A abertura também segue os acontecimentos marcantes da série, como Winterfell em chamas no início da quarta temporada, e a volta do símbolo dos Stark, no lugar dos Bolton, também em Winterfell, no final da sexta temporada.

Com a oitava, e última, temporada agendada só para 2019, ainda temos um pouco mais de um ano de expectativa para saber quais serão as mudanças na abertura dos últimos seis episódios da série.

 

E pra você, qual a série tem a abertura mais icônica? Faltou alguma na nossa lista? Deixe seu comentário.