NMC #167 – Não sou só sexo

Conhecer alguém, rolar química, transar. Daí nasce uma relação… sexual. Como é tratar e ser tratado apenas como objeto sexual?

, por Não Me Critica

NMC #167 – Não sou só sexo

Conhecer alguém, rolar química, transar. Daí nasce uma relação… sexual. Como é tratar e ser tratado apenas como objeto sexual?

, por Não Me Critica

A maioria de nós já passou por isso: conhecer um cara, sentir a química fluir, encontrar com ele, enfim transar. E daí nascer uma relação… sexual. Que não vai além, que não floresce pra outro lado nenhum e pior, se assenta num contexto de necessidade quase mútuo, onde nenhum laço seja formado e sejamos vistos (ou vejamos alguém) com o único intuito do sexo. Até a hora que um dos lados explode.

É verdade, ninguém merece ou deve ser objeto de nenhum tipo de ninguém. Não existimos com uma finalidade única e específica e as vezes perdemos a oportunidade de interagir e criar um novo contato, um novo jogo, uma nova descoberta a partir de alguém que já está do seu lado, mas infelizmente só é visto como um contato sexual. Se é um tema já conversado e assimilado, ok; o problema é quando sem querer começamos a ferir ou sermos feridos, e a partir desse momento uma relação prazerosa passa a significar rejeição e tristeza.

Essa semana o Não Me Critica pede para que Thiago Arzakom, Elmer Dias e Francisco Carbone se coloquem na berlinda através de experiências já passadas, como agentes ativos ou passivos, tentando ser mais do que caras que esperam um telefonema, mais do que uma chamada no messenger, ou aceitando essa situação de comum acordo. E sendo feliz.

E vocês, ouvintes… como conseguiram resolver essa situação pelo qual com certeza todo mundo já viveu? Como é ser visto como um objeto? Você já teve esse tipo de relação com alguém? Se sim ou se não, o NMC dessa semana vai entreter e divertir mais uma vez, num debate sobre o quão são descartáveis as relações de hoje. Bom programa a todos.

>> REFERÊNCIAS

Um dos textos que nos inspirou a debater sobre o assunto foi do blog Tradicionalmente, nomeado “Eu também existo quando você não está solitário ou com tesão“.

>> APERTE O PLAY E OUÇA!

>> OUÇA TAMBÉM POR AQUI:

Download – (clique com o botão direito e selecione “Salvar como…”)
Assine no iTunes
Ouça no YouTuner
Ouça no Podflix

>> VOCÊ PODE NOS CRITICAR!

Envie suas críticas, sugestões, dúvidas e opiniões sobre o assunto para voucriticar@naomecritica.com.br. Aproveite para nos indicar um tema para uma de nossas gravações. Vamos adorar sua dica!

naomecritica.com.br
facebook.com/NaoMeCritica
twitter.com/NaoMeCritica
instagram.com/NaoMeCritica
youtube.com/user/NaoMeCritica

>> ESTAMOS NO YOUTUBE!

Estamos também investindo em vídeos como complemento das histórias do podcast. Venha nos ver! Assista nossos vídeos e siga o nosso canal. Se preferir, mande um email e conte sua melhor (ou pior) história. Podemos compartilhá-la com nossos seguidores.